Blog de ana valquiria


02/09/2010


Leonardo Boff: Consolidar a ruptura histórica operada pelo PT

*Leonardo Boff

Para mim o significado maior desta eleição é consolidar a ruptura que Lula e o PT instauraram na história política brasileira. Derrotaram as elites econômico-financeiras e seu braço ideológico, a grande imprensa comercial. Notoriamente, elas sempre mantiveram o povo à margem da cidadania, feito, na dura linguagem de nosso maior historiador mulato, Capistrano de Abreu, “capado e recapado, sangrado e ressangrado”. Elas estiveram montadas no poder por quase 500 anos. Organizaram o Estado de tal forma que seus privilégios ficassem sempre salvaguradados. Por isso, segundo dados do Banco Mundial, são aquelas que, proporcionalmente, mais acumulam no mundo e se contam, política e socialmente, entre as mais atrasadas e insensíveis. São vinte mil famílias que, mais ou menos, controlam 46% de toda a riqueza nacional, sendo que 1% delas possui 44% de todas as terras. Não admira que estejamos entre os países mais desiguais do mundo, o que equivale dizer, um dos mais injustos e perversos do planeta.

Até a vitória de um filho da pobreza, Lula, a casa grande e a senzala constituíam os gonzos que sustentavam o mundo social das elites. A casa grande não permitia que a senzala descobrisse que a riqueza das elites fora construída com seu trabalho superexplorado, com seu sangue e suas vidas, feitas carvão no processo produtivo. Com alianças espertas, embaralhavam diferentemente as cartas para manter sempre o mesmo jogo e, gozadores, repetiam: “façamos nós a revolução antes que o povo a faça”. E a revolução consistia em mudar um pouco para ficar tudo como antes. Destarte, abortavam a emergência de outro sujeito histórico de poder, capaz de ocupar a cena e inaugurar um tempo moderno e menos excludente. Entretanto, contra sua vontade, irromperam redes de movimentos sociais de resistência e de autonomia. Esse poder social se canalizou em poder político até conquistar o poder de Estado.

Escândalo dos escândalos para as mentes súcubas e alinhadas aos poderes mundiais: um operário, sobrevivente da grande tribulação, representante da cultura popular, um não educado academicamente na escola dos faraós, chegar ao poder central e devolver ao povo o sentimento de dignidade, de força histórica e de ser sujeito de uma democracia republicana, onde “a coisa pública”, o social, a vida lascada do povo ganhasse centralidade. Na linha de Gandhi, Lula anunciou: “não vim para administrar, vim para cuidar; empresa eu administro, um povo vivo e sofrido eu cuido”. Linguagem inaudita e instauradora de um novo tempo na política brasileira. O “Fome Zero”, depois o “Bolsa Família”, o “Crédito Consignado”, o “Luz para Todos”, o “Minha Casa, minha Vida, o “Agricultura familiar, o “Prouni”, as “Escolas Profissionais”, entre outras iniciativas sociais permitiram que a sociedade dos lascados conhecesse o que nunca as elites econômico-financeiras lhes permitiram: um salto de qualidade. Milhões passaram da miséria sofrida à pobreza digna e laboriosa e da pobreza para a classe média. Toda sociedade se mobilizou para melhor.

Mas essa derrota infligida às elites excludentes e anti-povo, deve ser consolidada nesta eleição por uma vitória convincente para que se configure um “não retorno definitivo” e elas percam a vergonha de se sentirem povo brasileiro assim como é e não como gostariam que fosse. Terminou o longo amanhecer.

Houve três olhares sobre o Brasil. Primeiro, foi visto a partir da praia: os índios assistindo a invasão de suas terras. Segundo, foi visto a partir das caravelas: os portugueses “descobrindo/encobrindo” o Brasil. O terceiro, o Brasil ousou ver-se a si mesmo e aí começou a invenção de uma república mestiça étnica e culturalmente que hoje somos. O Brasil enfrentou ainda quatro duras invasões: a colonização que dizimou os indígenas e introduziu a escravidão; a vinda dos povos novos, os emigrantes europeus que substituíram índios e escravos; a industrialização conservadora de substituição dos anos 30 do século passado mas que criou um vigoroso mercado interno e, por fim, a globalização econômico-financeira, inserindo-nos como sócios menores.

Face a esta história tortuosa, o Brasil se mostrou resiliente, quer dizer, enfrentou estas visões e intromissões, conseguindo dar a volta por cima e aprender de suas desgraças. Agora está colhendo os frutos.

Urge derrotar aquelas forças reacionárias que se escondem atrás do candidato da oposição. Não julgo a pessoa, coisa de Deus, mas o que representa como ator social. Celso Furtado, nosso melhor pensador em economia, morreu deixando uma advertência, título de seu livro A construção interrompida (1993): “Trata-se de saber se temos um futuro como nação que conta no devir humano. Ou se prevalecerão as forças que se empenham em interromper o nosso processo histórico de formação de um Estado-Nação” (p.35). Estas não podem prevalecer. Temos condições de completar a construção do Brasil, derrotando-as com Lula e as forças que realizarão o sonho de Celso Furtado e o nosso.

 

*Teólogo,filósofo e escritor.

Escrito por Ana Valquiria às 00h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/09/2010


Agenda de George Soares

Amaistarde o candidato a deputado estadual pelo PR, George Soares estará a visitar as cidades de Mossoró e Carnaubais. A primeira no início da tarde e a segunda, anoitinha.

 

Talvez por ser meio de semana, George Soares não empreenderá grandes andanças nesses municípios, nem mesmo carreata. Nessa quarta feira, primeiro dia do nono mês do ano da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo de dois mil e dez, George Soares irá manter umas conversas ‘ao pé do ouvido’ com algumas lideranças e possiveis apoiadores de sua candidatura nas cidades acima mencionadas. Ontem George Soares esteve a circular pela cidade de Itajá.

 

Escrito por Ana Valquiria às 01h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

VI Semana da Banana

II Encontro de Fruticultores de Alto do Rodrigues

Fruticultura: Alternativa que gera emprego e renda

­­­­­­­­­­­­­­ Coordenação de Comunicação e Marketing

 

 

Alto do Rodrigues terá VI Semana da Banana e II Encontro de Fruticultores

No período de 14 a 18 de setembro próximo, o município de Alto do Rodrigues (RN) recebe a sexta edição da Semana da Banana e o II Encontro de Fruticultores de Alto do Rodrigues.

 

O evento, realizado através de uma parceria da Emater-RN, Prefeitura do Alto do Rodrigues, Sebrae e Adiba Associação do Distrito de Irrigação do Baixo Açu, se destina a implementar ações de capacitação e qualificação profissional, socialização e lazer, visando a organização dos produtores e das unidades produtivas e o fortalecimento do setor agrícola do Rio Grande do Norte, com destaque para o cultivo de frutas.   

 

A VI Semana da Banana e o II Encontro de Fruticultores de Alto do Rodrigues têm como tema central Fruticultura: alternativa que gera emprego e renda. Para um dos coordenadores do evento, técnico agrícola da Emater, Edimilson José dos Santos, isso traduz a preocupação dos realizadores do evento com o incremento da economia através da geração de emprego e renda advinda da fruticultura, atividade fundamental no desenvolvimento econômico de nosso Estado.

 

A programação técnica é recheada de assuntos de interesse dos agricultores e técnicos envolvidos com a fruticultura. Durante o evento será realizado o curso sobre Certificação Fitossanitária de Origem (CFO), que é destinado aos engenheiros agrônomos que acompanham as culturas frutícolas. As famílias que lidam com a fruticultura também terão oportunidade de participar de palestras que fazem parte da programação. Uma das palestras tem como tema a Industrialização de Frutas. Outra palestra vai abordar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), mostrando aos agricultores como acessar as vantagens que o programa oferece.

 

Nas noites da sexta-feira (17) e sábado (18), em estrutura montada na avenida principal da cidade, em frente ao estádio municipal Abelardo Rodrigues, teremos eventos culturais e atrações musicais para animar os participantes do evento. Atividades de socialização e lazer também foram contempladas. Serão realizados três concursos: Musa da Banana, Cacho de Banana mais pesado e Despenca de Cacho de Banana. Também haverá Exposição e Comercialização de Produtos Agropecuários, Feira de Produtos Artesanais e Feira de Produtos Culinários derivados da banana.

 

Mais informações:

Edimilson José: (84) 9928 9309 -  edimilson@hotmail.com

Múcio Luiz: (84) 9935 6815 - mucioluiz@gmail.com

 

Coordenação de Comunicação e Marketing:

Samuel Nário Fernandes Junior

samueljr@rn.gov.br

 

Escrito por Ana Valquiria às 01h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Irregularidades borbulantes

Pendências ultimamente anda bem movimentada política e judicialmente.

 

As badalações começaram no inicio desse ano com a separação litigiosa do atual prefeito e o vice prefeito. Prá apimentar a festa, não faltou quem metesse a colher na briga do casal litigante. Aí a festa apimentou!

 

Pois bem, a Câmara Municipal de Pendências, cooptada pelo vice prefeito anda investigando minuciosamente os atos do prefeito e, pelo andar da carruagem, pizza não fará parte do cardápio dessa festa.

 

  • Se não mudarem os DJs, os convidados irão mandar comprar tinta na loja mais próxima para puderem pintar seus rostos de verde e amarelo. O impeachment de Ivan Padilha, prefeito de Pendências, parece iminente.

 

Como se não bastasse todo esse furdunço, eis que o Ministério Público Federal resolveu indiciar o ex prefeito de Pendências, Jailton Barros de Freitas e alguns auxiliares deste, por irregularidades praticadas com verbas repassadas pelo Ministério do Turismo. Veja matéria publicada no DN.

 

Escrito por Ana Valquiria às 01h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Demonstração de eficiência

A ‘locadora’ secretaria municipal de educação do Assú ontem deu um show de eficiência. Aditou de uma só vez (e dentro do prazo) uma enxurrada de contratos de professores.

 

  • Será que essa eficiência se deve ao fato dessa secretaria ter diminuído o número de locação de veículos nos últimos meses? Salvo engano, uma das últimas locações foi uma camioneta, com motorista, para transportar os alimentos para as escolas. Essa locação está a custar aos cofres públicos assuense a bagatela de mais de quarenta e sete mil reais. E olha que esse valor não é relativo a doze meses não!.

 

Bem, o importante mesmo é que a rede municipal de ensino assuense vai continuar a funcionar normalmente.

 

Cá prá nós, se esses contratos não fossem aditados, como mesmo aquela pequenina escola lá do Piató iria funcionar? Melhor, como mesmo as escolas Monsenhor Júlio e a Maria Neuda iriam funcionar? Só pra essas duas escolas foram aditados cerca de três dezenas de contratos. Né brinquedo não.

 

  • E o Sindicato dos Professores hein? Geennnte, tem professor que ministrará aulas de religião, ciências e geografia. Ok, concordo, isso é que é transdisciplinaridade. Né brinquedo não!! Tudo bem, vamos torcer para que próximo ano os aprovados no concurso público possam serem convocados e... cá prá nós, pela quantidade de contratos aditados, os concursados não vão dar conta da demanda não! Pelo menos não se ‘cumprirem’ o Edital.

 

Escrito por Ana Valquiria às 01h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

31/08/2010


Interesses oligárquicos?

Como se já não bastassem às esquisitices e a indisfarçável mercantilização da campanha eleitoral de 2010 - eis que reaparece das cinzas de alguma fogueira fossilizada que um dia presenciou alguma discussão séria sobre ética e fidelidade partidária -, o deputado Henrique Alves a defender a postura contraditória de seu primo e senador Garibaldi Filho, no pleito de 2010.

 

Pra completar, Henrique Alves ameaça tomar uma “decisão séria” caso o candidato petista ao senado Hugo Manso não desdiga, melhor, não diga mais o óbvio: Garibaldi está sendo contraditório em seu discurso.

 

  • Geennte, Tudo bem que Stálin e Goebbels morreram, mas mesmo assim, não será repetindo ou omitindo uma verdade que ela deixará de ser verdade. Afinal, quem mesmo são os candidatos majoritários de Garibaldi?

 

Aahh... tá, melhor não dizer. A que ponto chegamos!!!

 

E pensar que Henrique Alves se orgulha de ter ‘combatido’ a ditadura militar!!

 

Tudo bem, melhor não se lembrar disso também. A continuar nesse ritmo, descobriremos em breve que ninguém no RN participou ou colaborou com os 25 anos da ditadura militar brasileira. Aaff.

 

Sabe aquela ‘máxima’? eis que quando pensamos que chegamos no fim do poço, eis que descobrimos que o poço é bem mais fundo!

 

Escrito por Ana Valquiria às 00h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

29/08/2010


Potencial subestimado

E por falar em ZPE, a Prefeitura do Assú resolveu investir mesmo na vinda da ZPE do Sertão e em muito em breve oferecerá cursos de formação de mão de obra (gratuitos) a quem não tem recursos monetários para custeá-los.

 

Os cursos que a PMA tenciona oferecer por si só já expõe suas expectativas em relação à empregabilidade de seus  munícipes. Por incrível que pareça a PMA ofertará cursos de cabeleireiro, depilador, cozinheiro básico... babá e empregada doméstica. Sangue de...!!!

 

  • Não faz muito tempo que aqui mesmo nesse espaço eu escrevi que não seria de se estranhar se a PMA resolvesse investir em mão de obra qualificada para trabalhar nas residências dos que de fato deverão lucrar com a ZPE. Aaahh, mesmo penando (os erros não foram suficientes para a melhoria da aprendizagem)para formar mão de obra na área de construção civil e na agricultura (a ociosidade das vagas é grandiosa), mesmo assim a PMA insiste em subestimar a inteligência e o potencial laborioso do povo do Assú. Será que a municipalidade assuense acredita que só quem tem potencial laborioso na cidade são os magnânimos edis? Saravá!!

 

Escrito por Ana Valquiria às 22h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Há luz?

Demorou mais saiu. Será no dia 05 de outubro a escolha da empresa responsável pela implantação da ZPE do Sertão. O Edital já está disponível, e por pura falta de autonomia (fato raro nessa área) da Comissão de Licitação da Prefeitura do Assú, quem resolveu comunicar a existência desse processo licitatório foi o prefeito constitucional da Cidade, Ivan Lopes Júnior.

 

Ah, bom! Então a cidade do Assú não é uma ilha fincada no mar da inconstitucionalidade!  

 

Os interessados podem se dirigirem ao Centro Administrativo Edgard Borges Montenegro para adquirirem o Edital (que deve ser pago) e... Boa sorte! Aahh, o horário de funcionamento para a aquisição do Edital ou informações é de 08:00 às 12:00 horas, de segunda a sexta feira.

 

Escrito por Ana Valquiria às 22h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Transparência diz que senadores do RN tem menor produção


Os senadores do Rio Grande do Sul (Paulo Paim, Pedro Simon e Sergio Zambiasi, principalmente os dois primeiros) são os mais ativos na produção parlamentar no Senado.

A informação é resultado de estudos técnicos da organização Não-governamental "Transparência Brasil".

Sozinhos, eles respondem por 372 proposições (17% do total), das quais 22 foram aprovadas (também o maior número entre as bancadas estaduais, correspondente a 15% do agregado).

A bancada menos produtiva sob esse ponto de vista tem sido a do Rio Grande do Norte (Garibaldi Alves Filho, José Agripino e Rosalba Ciarlini), responsáveis por apenas 17 iniciativas, nenhuma das quais aprovada.


Veja relatório completo AQUI, incluindo ainda a Câmara Federal.

 

Fonte: Blog do Carlos Santos

Escrito por Ana Valquiria às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28/08/2010


Registrando

Definitivamente não existe paraíso nesse pedaço profano do universo.

 

Não é que hoje o governador do estado do RN resolveu dar uma passadinha por Assú!!! Pra completar, o governador e também candidato a reeleição resolveu dar uma entrevista ao Programa Registrando, da Rádio Princesa do Vale.

 

Em sua entrevista. Iberê de Souza não se fez de rogado e respondeu de forma direta aos questionamentos do entrevistador. Na questão saúde, Iberê foi diretissimo: os entes da federação têm que cumprir com suas obrigações (nessa rede, alguns elos são quebrados bem no seu nascedouro).

 

Na questão de segurança pública, bemm. Enfim... o problema de segurança pública não é só e tão somente só de policia. Huumm.

 

A parte mais interessante da entrevista (disponibilizada no site Registrando)   é que o governador teve a audácia de dizer que a ZPE do Sertão não é projeto de lei, lei ou o escambão, bem como não é idéia  de um ser iluminado, mas sim uma outorga do presidente da república para que uma cidade ou região ‘possa desenvolver-se’. O que o Estado e município precisa fazer para tanto? simples, simplista mesmo: preparar mão de obra e atrair empresas capazes de absorver essa mão de obra. Parece simples? Alguns governantes acham que pirotecnia é mais... zuadeira!

 

Fora as obviedades ditas por Iberê de Souza, no Programa Registrando (gravado e publicado no site do Registrando – ainda não veiculado pela democrática Rádio Princesa do Vale) acerca de dois graves problemas que aflinge os norteriograndenses (saúde e segurança), o Programa merece ser veiculado em razão das promessas feitas pelo governador do RN para amenizar os cotidianos constrangimentos por que passa a população do Vale do Açu no que diz respeito ao atendimento médico, bem como as promessas no setor de fomento ao turismo religioso e a infra estrutura urbana.

 

Acompanhando o governador estava: George Soares, Leonardo Oliveira, Alberto Luis... Ronaldo Soares.

 

Escrito por Ana Valquiria às 20h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Agenda de George Soares

 

O dia hoje prometia ser bem agitado para George Soares. Mas por razões que a razão reconhece, a programação matutina foi desfeita. Mas a programação noturna se mantém intacta.

 

Anoitinha, logo após a hora do Ângelus, George Soares retoma sua rotina de carreatas. A concentração da carreata de hoje será no Bairro Parati 2000, em Assú. Depois de aquecidos os motores, a carreata tenciona passar por diversas ruas da Cidade de Girobe e terminar ali bem próximo ao Bar do Genildo, na 24 de Junho.

 

  • A propósito, desta feita as movimentações políticas de hoje na cidade do Assú não prevê saída nem chegada próximo a igrejas e nem paradas em frente à Casa Paroquial. Aleluia!!!

 

A carreata deverá passar pelos bairros Feliz Assú, Frutilândia, Vertentes, Janduís e ser encerrada no Centro da Cidade, com um comício.

 

A movimentação prevista para hoje a noite deverá contar com a presença de George Soares, claro, Ronaldo Soares, Odelmo Rodrigues, Wedson Machado, Manoel Botinha... Ivan Júnior, Wild Diniz, Márcio Soares e Maria Daguia (Jucurutu), Nuilson Pinto, Terceiro, Pipa, os amigos de George além de Lula Soares e da simpaticíssima Daniela Morais (foto acima).

 

 

Escrito por Ana Valquiria às 11h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/08/2010


Pedaço de Céu - O Álbum

Os assuenses e os entusiastas da cidade de Celso da Silveira, Salete de Olga, Maroquinha...  que residem em Natal, já podem ter acesso ao Álbum de Figurinhas idealizado por Jeová Júnior, denominado de Pedaço de Céu.


Isso mesmo. Os assuenses moradores da cidade do sol já podem adquirir o Álbum Pedaço de Céu na Banca do Paulo, localizada na confluência da Avenida Rio Branco com a Rua João Pessoa. Traduzindo: em frente à C&A.

 

  • Só pra lembrar: um povo que não dar importância e não valoriza a história de seus antepassados e a sua cultura, é um povo frívolo.

 

Escrito por Ana Valquiria às 22h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Escrito por Ana Valquiria às 21h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

MELHORIA DOS SERVIÇOS DE ÁGUA E ESGOTO É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA EM PARELHAS

Representantes dos poderes executivo e legislativo do Município de Parelhas reuniram-se na manhã de hoje (18) com engenheiros e técnicos da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – CAERN - para discutir sobre a melhoria dos serviços oferecidos pela empresa. A audiência pública também foi aberta à sociedade civil organizada que, na ocasião, debateu o assunto com as autoridades presentes.

 

Segundo o Prefeito Francisco Medeiros, a importância das discussões refere-se à renovação do contrato de concessão para a prestação de serviços de abastecimento de água e esgotamento do Município de Parelhas, que foi encerrado em dezembro de 2009. “Para a renovação do contrato temos que considerar a nova lei de saneamento do país, pois existe toda uma nova legislação que exige a elaboração de um plano municipal de saneamento básico, além de outras reivindicações que são necessárias”, explicou.

 

O trabalho de diagnóstico que viabilizará o andamento da elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico já está sendo executado pela empresa B & B Engenharia, contratada pela CAERN. “Fizemos algumas reivindicações, de acordo com as necessidades do Município, que estão sendo estudadas. Acreditamos que a população tem que ser mais beneficiada e contemplada”, disse Francisco Medeiros.

 

Ainda de acordo com o prefeito, 80% da cidade é saneada, porém o saneamento é antigo. “O único bairro que não é saneado é o São Sebastião; além de parte do Ivan Bezerra e trecho do Cruz do Monte e Maria Terceira”, acrescentou ao destacar a reivindicação feita à CAERN para a substituição da tubulação existente. “É um serviço essencial para a vida do povo e não queremos que a população seja prejudicada”, finalizou.

 

A audiência pública foi presidida pelo vereador Wellington Araújo (PMDB) e acompanha pelos vereadores Gilson Enéas (PMDB), Maria da Guia Dantas (PSDB), Marcos Nascimento (PT), Aurélio Buriti (DEM), Francisco Canindé (PR) e Antônio Januário Neto (DEM). Secretários e representantes da sociedade civil organizada também participaram das discussões.

 

Texto encaminhado por Edmilson José

Escrito por Ana Valquiria às 21h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/08/2010


A Santana e seus filhos, bem como a Carlinhos de Ewerton e familiares, nossos pêsames pelo falecimento de Múcio Bezerra.

A efemeridade da vida e suas freqüentes descontinuidades  nos obriga a conviver com esses momentos de dor e de despedida.

 

Escrito por Ana Valquiria às 10h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

18/08/2010


agende-se

No próximo dia 27 – sexta feira – Jocelin de Lima Bezerra lançará no Parque Aluizio Alves, em Parnamirim, seu primeiro livro intitulado “Anomia do Professor", o qual sairá com o selo da editora Bichiga Taboca.

 

A falta de leis ou a falta de identidade em razão das constantes transformações por que passa a sociedade capitalista é o mote para as digressões de Jocelin em seu Anomia do Professor. Jocelin, grande conhecedor das dificuldades por que passa o magistério brasileiro, inspira-se em Émile Durkheim para explicar a inversão de valores da sociedade capitalista brasileira.

 

O titulo do livro por si só já evidencia a situação caótica vivenciada pelo magistério brasileira: tem algo fora do lugar. O lançamento de Anomia do Professor está previsto para acontecer na hora do Ângelus.

 

Escrito por Ana Valquiria às 23h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Capacitação relâmpago

A secretaria municipal de saúde de Assú bem que tentou, maaasss, conseguiu atingir o chinfrim índice de 53% de cobertura de crianças imunizadas contra a poliomielite no último sábado.

 

Apesar de a campanha ser nacional, com mídia gratuita e tudo que o figurino manda, mesmo assim a eficiência da SMSA, conseguiu, digamos, manter a sua carruagem na mesma quilometragem de inércia de sempre.

 

Pra atenuar esse estado de coisas, o titular da pasta resolveu fazer, digamos, uma capacitação com seu corpo funcional. Como eficiência e dinamismo são dois itens que não rimam muito bem com saúde pública em Assú, não causou surpresa e nem muito menos estranheza a preocupação do secretário municipal de saúde de realizar um curso de capacitação para seus subordinados.

 

  • A idéia de capacitação em qualquer área é por demais louvável, maass, a capacitação realizada pela SMSA durou apenas uma manhã. Isso mesmo, uma manhã, ou melhor, cerca de quatro horas. Tudo bem, o titular da pasta é democrático e... isonômico: a palestra, desculpe, curso, foi destinado a agentes de saúde, enfermeiros e médicos.

 

Ééé..., a isonomia não atingiu os pobres mortais dos funcionários efetivos. Tudo bem, nada é perfeito e em se tratando da SMSA... ah, não exijamos tanto!! Com fé e um pouco de reza, um dia ele chega lá.

 

  • A propósito, não foi sábado que houve a caminhada dos candidatos do prefeito do Assú a uma vaga no governo do estado, senado e câmara federal? Huumm, a caminhada saiu do lado, ladinho mesmo do caótico Centro Clinico. Será que as crianças se encantaram com os flashs e tons roseados e estranharam o branco dos profissionais da saúde? Faz sentido!!

 

Escrito por Ana Valquiria às 23h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
 

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Natal/Assu, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, Livros, Arte e cultura

Histórico